Início > Artigos > Festa de Crente, não tem hora pra acabar?

Festa de Crente, não tem hora pra acabar?

Festa de Crente

Casei a pouco mais de um ano e eu e minha esposa quisemos uma festa com a nossa cara. E tudo foi conforme a vontade de Deus e foi melhor do que planejamos, mas uma coisa que pensávamos era como seriam as músicas.

As músicas do matrimônio foram todas escolhidas por ela, o sonho que ela queria realizar deveria ser do gosto dela, então resolvi aceitar, só que eu tinha que me virar pra achar as letras, todas as músicas foram evangélicas, mas verificamos letra por letra para que expressa-se exatamente o momento que vivíamos. Mas por que eu verifiquei a letra? Já que era música de crente não era pra estar com o selo gospel de qualidade? Exatamente por isso.

As músicas evangélicas às vezes falam muito de sofrimento, mesmo que seja mostrando força e vitória, ficar falando de dor o tempo todo não é prova de fé e testemunho. Minha mãe, católica, por exemplo, não consegue escutar um CD evangélico que chora, não por quebrantamento, mas por que a ferida ainda machuca. Em chás de mulheres ela também não vai, pois sempre que vai, o TristeMunho é forte! Quem é crente, entende, mas quem não é só vê o sofrimento e não a vitória.

No meu casamento eu quis passar para as pessoas de outras religiões e sem religião como eu estava me sentindo, depois da minha luta, feliz! Não queria falar de problema, mas aquelas palavras que falamos na troca de alianças, fiz do meu jeito. Nada de na alegria ou na tristeza, basicamente falei que quero viver com ela pelo menos uns 50 anos, com a graça de Deus. E o meu pastor foi o melhor, só falou de sexo. Sim, crente gosta muito, mas só depois do casamento.  Pessoas que diziam pra mim que “esses pastores são tudo reprimido”, tiveram uma grata surpresa. Até hoje meus amigos não crente falaram disso. E Deus é glorificado.

A música da recepção, enquanto eu e os convidados aguardávamos minha esposa, foram escolhidas com o mesmo propósito, falar de coisas boas. A maioria das músicas cristãs internacionais que eu gosto, mas uma em particular que eu gosto muito foi dos Engenheiros do Hawaii – 3×4, da época que conheci minha esposa.

Uma coisa que não abrimos mão foi da escolha do DJ Anderson (IBN Cristo Rei), nosso amado padrinho e tocou músicas cristãs, mas que segundo meus convidados não crentes me disseram que nem parecia música de igreja, por que eram animadas e com boas letras.

Música boa é aquela que faz bem para você. Infelizmente as músicas seculares de hoje estão cada vez pior, mas existem músicas seculares com ótimas letras e com músicos fantásticos. Eu já fiz separação entre música do mundo e música cristã. Mas não julgo que uma pessoa que escute música secular está longe de Jesus, pelo contrário, conheço muitas pessoas que mostram uma santidade feita de areia e água; que o celular está cheio de música gospel, mas o coração está longe de Deus.

Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: