Início > Artigos > Marcha das Vadias, faz algum sentido?

Marcha das Vadias, faz algum sentido?

Esse blog não tem por costume o uso da critica como ferramenta, mas hoje precisamos falar.

Sou evangélico e tenho amigos e parentes católicos, ateus e espíritas. Não creio e não tenho a mesma fé que eles, e até com outros evangélicos que mesmo tendo a mesma fé em Cristo, discordo em muitos pontos, já que cada denominação evangélica tem suas doutrinas e dogmas específicos. Mas que sou eu pra atacar ou dizer que uma pessoa está ‘crendo errado’ segundo aquilo que creio? Não estou pregando ecumenismo, mas tolerância religiosa. Vivemos em um estado laico e todas as religiões podem e devem ser exercidas no nosso país.

fup20130727464_min_fcfaa-982755A culpa dessa vez não é de pastores pela intolerância, mas de quem se diz vítima de intolerância e preconceito. Dia 27/07/2013 houve a Marcha das Vadias em Copacabana que coincidiu com o evento da MJM e a vinda do Papa ao Brasil que devido às fortes chuvas acabou indo também para Copacabana. E o que era para ser algo tolerante e de convívio civilizado, se transformou em ataques a crença dos católicos. Pessoas nuas e se masturbando com imagens de santos católicos e crucifixos, numa tentativa de agredir visualmente as pessoas e diante de menores de 18 anos. Nem um amigo que é ateu concordou com essa atitude. A mídia como sempre, se omitiu.

Quantos crimes foram cometidos com base no Código Penal?

Art. 208 – Escarnecer de alguém publicamente, por motivo de crença ou função religiosa; impedir ou perturbar cerimônia ou prática de culto religioso; vilipendiar publicamente ato ou objeto de culto religioso
Art. 233 – Praticar ato obsceno em lugar público, ou aberto ou exposto ao público
Art. 218-A. Praticar, na presença de alguém menor de 14 (catorze) anos, ou induzi-lo a presenciar, conjunção carnal ou outro ato libidinoso, a fim de satisfazer lascívia própria ou de outrem: (Incluído pela Lei nº 12.015, de 2009)
Art. 218-B. Submeter, induzir ou atrair à prostituição ou outra forma de exploração sexual alguém menor de 18 (dezoito) anos ou que, por enfermidade ou deficiência mental, não tem o necessário discernimento para a prática do ato, facilitá-la, impedir ou dificultar que a abandone: (Incluído pela Lei nº 12.015, de 2009)

993352_1020_nO ecumenismo é uma ‘pseudo’ forma de aceitação de todas as religiões, mas acaba por ‘nivelar por baixo’ o que as pessoas crêem na sua individualidade, forçando que pessoas aceitem tudo para que todos sejam ‘agradados’. Nem Cristo agradou a todos por que você iria conseguir? Devemos respeitar a crença ou descrença que a pessoa tem, não somos obrigados a aceitar tudo que as pessoas querem como é o caso desse grupo que organiza a Marcha das Vadias. Sua liberdade termina onde começa a do outro.

Deus não te oprime, na sua individualidade, obrigando a fazer algo que você não queira, mas Ele te orienta e te mostra qual é a melhor forma de viver, nem sempre é a mais fácil, mas sempre a melhor.

Anúncios
Categorias:Artigos
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: