Início > Artigos, Relacionamentos > 3 decisões para tomar na vida

3 decisões para tomar na vida

decisions-pano_21972

A Paz de Jesus aos irmãos.

O que é importante na vida? Que decisões devemos fazer e como elas influenciam em nossas vidas, afinal esperamos viver pelo menos uns 80 anos. Decisões são tão importantes que até o fato de não querer decidir já é uma decisão, ruim é bem verdade, mas é uma decisão. Claro que algumas decisões devem ser tomadas com o tempo a medida que crescemos e amadurecemos, outras devem ser o quanto antes. Então vamos destacar as decisões:

O Deus que você vai servir
Essa decisão é realmente importante e deve ser tomada o quanto antes, afinal esse tempo desperdiçado gera muitas consequências na nossa vida que não precisariam acontecer. Exemplo? Filhos antes do casamento, uso de drogas, corações amargurados por relacionamentos infrutíferos e destrutivos, etc.
Aos 12 anos, Jesus foi ao templo cuidar dos assuntos do Pai, por esse motivo o jovem evangélico aos 12 anos por livre em espontânea vontade pode aceitar Jesus como único e suficiente Salvador e ser batizado nas águas. Claro que há casos de crianças mais novas batizadas, mas isso é a critérios específicos que cabe aos pais juntamente com o pastor avaliar.
O Deus Pai de nosso Senhor Jesus Cristo e o Espírito Santo, o Consolador que Jesus deixou no pentecostes, é a definição do nosso Deus, tri-uno, um só Deus, mas são três pessoas distintas. Jesus é a expressão máxima de Amor que Deus tem por nós, tudo que deveríamos sofrer, foi deixado na cruz de Cristo, o sacrifício de uma única pessoa nos salvou e assim podemos habitar para sempre com Deus.
O trabalho que você vai fazer
Geralmente lá pelos 17 anos é que começamos a pensar sobre isso, mas pode ser antes ou depois, não há regra, pode ser aos 50, um novo emprego quem sabe. A dica nesse caso é ver o que você gosta, o que te desafia, o que te dá satisfação. Eu como Analista de TI, posso falar com propriedade: Só por que você gosta ficar horas no facebook e no twitter não necessariamente é de TI que você gosta, o trabalho de TI tem mais há ver com lógica (raciocínio matemático) do que com curtir coisas. Eu era péssimo em matemática, mas isso foi um desafio para mim.
Ficar rico é outra bobagem que muitos escolhem para definir a carreira e o dinheiro é consequência e no fim das contas não resolve muita coisa, você só pode comprar coisas com ele. Não se compra o amor e a fidelidade de uma mulher, mas você pode leva-la para uma viagem ou um restaurante. Viu para que serve o dinheiro? Para coisas e não para pessoas, pessoas são importantes, coisas não são.
A pessoa que você vai casar
Uma decisão igualmente importante que pode ser tomada em qualquer idade, uns casam-se novos outros esperam mais e outros casam-se mais maduros. Isso vai depender muito das outras 2 decisões que falei. Casamento é um só e é para a vida inteira do cristão.
Mas como saber quando casar? Quanto tiver condições (dinheiro), estabilidade, uma casa, um carro, tiver ‘curtido’ tudo? Casamento é difícil com tudo isso ou sem essas coisas esse é o erro das pessoas. Tem gente que simplesmente não quer casar, outras parecem que só querem casar não importa com quem e se não der ‘certo’ é só separar.
Mais importante do que correr atrás de um pretendente é perguntar em oração a Deus o que Ele quer de você e pedir para que o Senhor envie uma pessoa para você, pois quando você casa com uma pessoa que Deus mandou tem problemas e dificuldades, imagina quando é o capeta que te manda aquela bomba e você agarra e casa com o ‘trem’.
É só Decidir e tudo resolvido?
Claro que essas decisões são pessoais e somente você pode toma-las, isso vai invariavelmente impactar outras vidas, mas a sua vida é que vai passar pelo que tiver que passar, bom ou mal a responsabilidade é sua e de mais ninguém, não adianta culpar os outros ou mesmo Deus por suas decisões. E nem venha dizer que seus pais é que te obrigaram, disseram ou fizeram alguma coisa e por isso que você é assim, afinal teoricamente após os 18 você já é um Homem ou uma Mulher pleno em suas atribuições de decidir por si. Agora que você é ‘grandinho’ pare de culpar seus pais e resolva o que a sua infância ou adolescência estragou em você e você pode começar pela primeira decisão: Que Deus você vai servir?
Por João Guilherme Barros
Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. 13/07/2013 às 11:57

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: